Junte-se a mais de 650k+ alunos satisfeitos. Seu TCC pronto com a melhor preparação.

|

Regras ABNT - Blog

Normas ABNT, Trabalhos acadêmicos, Artigos científicos, Cursos e muito mais...

Revisão integrativa

Revisão integrativa da literatura para TCC

Atualizado em 

 |

Escrito por:

Primeiramente, a revisão integrativa de literatura é um método utilizado para reunir, avaliar e sintetizar as evidências disponíveis sobre um determinado tema ou questão de pesquisa. Com isso, a finalidade é fornecer uma visão geral e atualizada do conhecimento existente, identificando as lacunas e as inconsistências na literatura.

Entretanto, dependendo do objetivo e do escopo da pesquisa, é possível realizar uma revisão integrativa de diferentes maneiras. Com isso, alguns exemplos incluem a revisão sistemática, a metanálise, a revisão narrativa e a revisão temática. Embora, cada um desses métodos possui suas próprias regras e procedimentos para selecionar, avaliar e sintetizar as fonte.

Vantagens da revisão de literatura

Sendo assim, uma das vantagens da revisão integrativa é a possibilidade de incluir diferentes tipos de fontes, como artigos científicos, relatórios, teses e dissertações. Isso permite obter uma visão mais abrangente e diversificada do assunto em questão. Além disso, os pesquisadores podem usar a revisão integrativa como base para formular hipóteses, definir objetivos e elaborar projetos de pesquisa futuros.

Ademais, para realizar uma revisão integrativa, é importante que os pesquisadores sigam um plano de trabalho bem definido. Isso inclui a definição do objetivo e do escopo da pesquisa, a seleção das fontes, a avaliação da qualidade das fontes, a análise e a interpretação dos dados. Entretanto, é importante também utilizar ferramentas e técnicas específicas para garantir a rigorosidade e a objetividade da revisão.

Em resumo, a revisão integrativa de literatura é um método valioso para reunir, avaliar e sintetizar as evidências disponíveis sobre um determinado tema ou questão de pesquisa. É uma ferramenta importante para a formulação de hipóteses, a definição de objetivos e a elaboração de projetos de pesquisa futuros. Ademais, a revisão integrativa é uma boa maneira de obter uma visão geral e atualizada do conhecimento existente e identificar as lacunas e as inconsistências na literatura.

Qual é o objetivo de uma revisão integrativa?

Sendo assim, você pode usar diferentes métodos para realizar uma revisão integrativa, dependendo do objetivo e escopo da pesquisa. Por exemplo, pode-se realizar como uma revisão sistemática, metanálise, revisão narrativa ou revisão temática. Cada um desses métodos possui suas próprias regras e procedimentos para selecionar, avaliar e sintetizar as fontes.

Entretanto, o objetivo de uma revisão integrativa é fornecer uma visão geral abrangente e atualizada do conhecimento existente sobre o tema ou questão de pesquisa. Isso permite identificar as lacunas no conhecimento e as inconsistências na literatura, o que pode ser útil para orientar futuras pesquisas. Além disso, você pode utilizar a revisão integrativa como base para formular hipóteses, definir objetivos e elaborar projetos de pesquisa futuros.

Dessa forma, uma revisão integrativa também é útil para identificar as fontes mais relevantes e confiáveis sobre um determinado assunto. É importante garantir que as evidências utilizadas sejam de alta qualidade e baseadas em fontes confiáveis.

Além disso, a revisão integrativa permite a inclusão de diferentes tipos de fontes, como artigos científicos, relatórios, teses e dissertações, o que permite uma visão mais abrangente e diversificada do assunto em questão.

Em resumo, o objetivo principal de uma revisão integrativa é fornecer uma visão geral e atualizada do conhecimento existente sobre um determinado tema ou questão de pesquisa. A revisão integrativa permite identificar lacunas no conhecimento e inconsistências na literatura, orientar futuras pesquisas, identificar fontes relevantes e confiáveis e fornecer uma visão mais abrangente e diversificada do assunto em questão.

Quais os caminhos para uma pesquisa?

Por conseguinte, uma pesquisa é um processo metódico que busca obter informações e conhecimentos sobre um determinado assunto ou problema. O caminho para a realização de uma pesquisa é composto por várias etapas, que incluem a escolha do tema, a formulação do problema, a revisão da literatura, a coleta de dados, a análise de dados e a interpretação dos resultados.

Primeiramente uma pesquisa é a escolha do tema. Isso envolve a identificação de um assunto de interesse e a verificação da sua relevância e viabilidade. É importante escolher um tema que seja relevante e importante para a comunidade científica e que possa contribuir para o avanço do conhecimento.

A segunda etapa é a formulação do problema. Isso envolve a definição clara e precisa do objetivo da pesquisa e da questão de pesquisa. A formulação do problema é importante para orientar a coleta de dados e a análise dos resultados.

A terceira etapa é a revisão da literatura. Isso envolve a busca e a avaliação das fontes existentes sobre o assunto em questão. A revisão da literatura é importante para identificar as lacunas no conhecimento e para definir as hipóteses e os objetivos da pesquisa.

A quarta etapa é a coleta de dados. Isso envolve a aplicação de técnicas e instrumentos específicos para obter as informações necessárias para responder à questão de pesquisa. A coleta de dados deve ser planejada e realizada de forma rigorosa e objetiva.

A quinta etapa é a análise de dados. Isso envolve a organização e o tratamento dos dados coletados, com o objetivo de obter informações e conhecimentos úteis sobre o assunto em questão. A análise de dados deve ser realizada de forma crítica e objetiva.

Em resumo, a realização de uma pesquisa envolve várias etapas, incluindo a escolha do tema, a formulação do problema, a revisão da literatura, a coleta de dados, a análise de dados e a interpretação dos resultados. Cada etapa é importante e contribui para o sucesso da pesquisa, e o rigor e objetividade devem ser seguidos em todas elas.

Como fazer uma revisão integrativa?

Primeiramente, é definir claramente o objetivo e o escopo da revisão. Isso inclui estabelecer as questões de pesquisa, os critérios de inclusão e exclusão e os tipos de fontes que serão incluídos na revisão. É importante definir esses aspectos no início para garantir que a revisão seja precisa e relevante.

A segunda etapa é a busca e seleção das fontes. Isso envolve a utilização de diferentes bases de dados e fontes de informação para encontrar os estudos relevantes. É importante seguir critérios rigorosos de seleção para garantir que as fontes sejam relevantes e confiáveis.

A terceira etapa é a avaliação da qualidade das fontes. Isso envolve a verificação da qualidade metodológica dos estudos incluídos, como a amostra, o desenho do estudo e a análise estatística. É importante incluir somente estudos de alta qualidade para garantir a confiabilidade dos resultados.

A quarta etapa é a análise e interpretação dos dados. Isso envolve a síntese das informações obtidas a partir dos estudos selecionados e a identificação de padrões, tendências e conclusões. É importante utilizar técnicas e ferramentas específicas para garantir a objetividade e rigorosidade da análise.

A quinta etapa é a elaboração do relatório final. Isso envolve a apresentação dos resultados, a discussão das conclusões e a identificação das lacunas e das implicações para futuras pesquisas. É importante que o relatório seja claro, preciso e acessível para o público alvo.

Em resumo, para fazer uma revisão integrativa, é importante seguir algumas etapas fundamentais, incluindo a definição do objetivo e do escopo, a busca e seleção das fontes, a avaliação da qualidade das fontes, a análise e interpretação dos dados e a elaboração do relatório final.

Por outro lado, rigor e objetividade devem ser seguidos em cada etapa para garantir que a revisão integrativa seja precisa, relevante e confiável. É importante utilizar ferramentas e técnicas específicas para garantir a qualidade e a objetividade da revisão.

Além disso, é importante manter-se atualizado com as melhores práticas e diretrizes existentes no campo, para garantir que a revisão integrativa seja realizada de forma adequada e seguindo os padrões éticos.

Search

Junte-se aos mais
de 650k+ alunos satisfeitos.

Assine nosso NewsLetter para receber conteúdo em primeira mão sobre as Normas ABNT – direto na sua caixa de entrada.

Veja mais:

Comprar TCC – Saiba quais os problemas de comprar um TCC

Você pode não saber, mas é ilegal comprar TCC pronto ou pagar para alguém fazer. …

Uma vez que colocar a logo da instituição na cobertura segundo ABNT

A Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) é responsável por estabelecer padrões e diretrizes para …

Melhores revistas para postar artigo científico

A publicação de artigos científicos é uma ótima maneira de compartilhar suas descobertas e pesquisas …

Cursos EAD de nível superior

Primeiramente os cursos de nível superior na modalidade EAD são uma ótima opção para quem …

Tipos de pesquisa

Existem diferentes tipos de pesquisa que são aplicados dependendo do objetivo e da abordagem que …

Índice ABNT: Uma vez que fazer nas Normas ABNT (NBR 6034)

Se você está escrevendo um trabalho acadêmico e está com dúvidas sobre qual elemento colocar, …