Pronomes pessoais para TCC – Como escrever um TCC

Os pronomes pessoais identificam as pessoas na fala: quem está falando (1ª pessoa: eu, nós), quem está sendo abordado (2ª pessoa: você, você) e quem está falando (3ª pessoa: ele/ela, ela).

Eles diferem em gênero (masculino e feminino) e número (singular e plural) e são classificados de acordo com sua função e estresse.

Em termos de função, os pronomes pessoais são divididos em: pronomes pessoais de caso reto e pronomes pessoais de caso oblíquo.

E dependendo do estresse, os pronomes pessoais são divididos em: pronome oblíquo átono ou pronome oblíquo tônico.

Pronomes pessoais
Quadro de pronomes pessoais

Pronomes pessoas do caso reto

Os pronomes pessoais do caso par têm a função sujeito ou predicado do sujeito. São eles:

eu (1ª pessoa do singular)
tu (2ª pessoa do singular)
ele/ela (3ª pessoa do singular)
nós (1ª pessoa do plural)
vós (2ª pessoa do plural)
eles/elas (3ª pessoa do plural)
Exemplos de frases com pronomes pessoais no par case:

Ele terminou o projeto há alguns dias.
Nós estamos quase lá.
Se for ele, o escolhido, devo aceitar.

Pronomes pessoais do caso obliquo

Os pronomes pessoais do caso oblíquo podem ser átonos ou tônicos e ter a função de complemento verbal ou complemento nominal. São eles:

  • me, mim, comigo (1.ª pessoa do singular)
  • te, ti, contigo (2.ª pessoa do singular)
  • o, a, se, lhe, ele, ela, si (3.ª pessoa do singular)
  • nos, nós, conosco (1.ª pessoa do plural)
  • vos, vós, convosco (2.ª pessoa do plural)
  • os, as, se, lhes, eles, elas, si (3.ª pessoa do plural)

Você vem comigo?
Tenho certeza que você vai se divertir muito com a gente!
Alguém o conhece?
Os pronomes pessoais no caso oblíquo ATONOS são chamados assim porque não têm acento próprio e estão sujeitos ao acento dos verbos. Além disso, eles não são precedidos por uma preposição. São eles:

me, te, o(s), a(s), se, lhe(s), nos, vos

Exemplos de frases com pronomes pessoais oblíquos ATTONS :
Ele nos disse que estava cansado e por isso não veio a festa.
Eu não te convidei, então saia daqui!
Penteei meu cabelo.
Os pronomes pessoais do caso oblíquo TÔNICOS têm acento próprio e são usados ​​com uma preposição. São eles:

eu, comigo, você, com você, ele(s), ela(s), quando, nós, conosco, você, com você

Observe que as formas with me, with you, with us e with you resultam da combinação da preposição com com os pronomes me, ti, nos e vos.

Exemplos de frases com pronomes pessoais oblíquos TÔNICAS:

Não vou contar a ninguém o que você me disse.
Ele fez conosco o que fez com a outra classe.
O que ela fez?
Se o pronome vem depois da preposição, mas antes de um verbo no infinitivo, o pronome deve ser usado no caso par. Isso ocorre porque, neste caso, o pronome atua como sujeito da frase.

Exemplos:

Eu deveria fazer esta tarefa.
Se é meu, então tenho que abri-lo.
Esta refeição é para você comer.

Pronomes de tratamento:

Os pronomes de endereço são maneiras de se dirigir às pessoas (com quem você está falando) de maneira educada. Eles são usados ​​de acordo com sua posição ou função.

Exemplo:

Precisa de ajuda?
Sua Majestade, Reitor desta Universidade, fará o discurso de abertura.

Pronomes demonstrativos

Os pronomes demonstrativos indicam posição (no espaço, no tempo e no próprio discurso) em relação às pessoas no discurso.

Podem ser variáveis ​​ou imutáveis.

Eles são os seguintes:

Quadro pronomes demonstrativos
Quadro dos pronomes demonstrativos

Os pronomes demonstrativos são frequentemente combinados com preposições:

  • deste(a), disto (de + este(a), isto)
  • desse(a), disso (de + esse(a), isso)
  • daquele(a), daquilo (de + aquele(a), aquilo)

Exemplos futuros ou atuais :

Estas flores são para você.
Que manhã chuvosa esta!
Perto Distante ou Passado e Futuro Próximo
Exemplos:

Por favor, verifique se estas folhas são minhas.
Isso foi uma festa!
Passado distante ou distante
Exemplos:

Não consigo alcançar estes livros. Preciso pedir ajuda a alguém mais alto.
Aquela era uma boa época para viver.
gorjeta!
Observe a proximidade dos elementos na construção da frase e não tenha dúvidas ao escrever:

Os mapas e relatórios eram ótimos: eram coerentes e coerentes, bem ilustrados.

Isso se refere a relatos enquanto o primeiro se refere a mapas (observe a proximidade dos elementos na construção da frase).

Leia também: Quando usar: Isso ou aquilo?.

Pronomes Demonstrativos Adjetivos e Substantivos
Às vezes, as formas variáveis ​​podem assumir o valor de um adjetivo ou um substantivo.

Exemplo:

Essas coisas são minhas. (adjetivo)
Minhas coisas são essas. (substantivo)
As formas invariáveis ​​nunca assumem o valor de um adjetivo, apenas um substantivo.

Valor dos pronomes demonstrativos
Ocasionalmente, outras palavras podem assumir o valor de um pronome demonstrativo. Isso acontece quando eles podem ser substituídos por esses pronomes. Isso acontece com:

O(s) e o(s)
Exemplos:

É disso que você precisa? (Isso é o que você precisa.)
Eu apenas fiz o que eu senti vontade de fazer. (Eu só fazia o que eu sentia vontade de fazer.) Exemplos
semelhantes e semelhantes : Tais atitudes eram impensáveis ​​no meu tempo. (Tais atitudes eram impensáveis ​​na minha época.) Ele não conseguiu fazer tal gesto. (Ele foi incapaz de fazer esse gesto.)

Mesmo(s) e Próprio(s)
Essas palavras são reforço demonstrativo, pois têm o mesmo significado de idêntico e pessoa.

Exemplos:

Você sempre faz a mesma coisa.
Ele mesmo verificou os documentos.

Você deve levar em consideração os pronomes na hora de escrever uma boa redação, temos um artigo específico ensinando como escrever uma boa redação para o Enem, dá uma conferida que lá você vai encontrar boas regras de como fazer a sua redação da forma correta.

Listra ABNT

COMPARTILHE:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp