Junte-se a mais de 650k+ alunos satisfeitos. Seu TCC pronto com a melhor preparação.

|

Regras ABNT - Blog

Normas ABNT, Trabalhos acadêmicos, Artigos científicos, Cursos e muito mais...

Relato de caso

Relato de caso – Como fazer um relato de caso

Atualizado em 

 |

Escrito por:

O relato de caso é um dos trabalhos acadêmicos da área da saúde mais utilizados pelos estudantes. Mas é claro que também pode ser utilizado em outras áreas.

Geralmente, esse tipo de trabalho científico visa descrever casos clínicos inusitados ou relevantes na área da saúde.

No geral, ajuda a aumentar ampliar o conhecimento e formular hipóteses para a realização de novos estudos.

Portanto, esses dados são muito importantes para pesquisadores e estudantes realizarem suas pesquisas.

O que é um relato de caso?

Como você viu, o relato de caso é muito importante para os estudos na área da saúde.

Mas afinal, o que são relatos de caso?

Em geral, um relato de caso é uma espécie de relatório detalhado que sintomas, sinais, diagnóstico, tratamento e acompanhamento de um paciente.

Este tipo de trabalho descreve um evento incomum ou novo. Portanto, é um dos pilares do avanço científico na área médica, pois fornece ideias e meios para solucionar novos casos.

Ou seja, o relato de caso é uma comunicação curta e rápida entre as pessoas no área da saúde para conhecer novas oportunidades de estudo.

Por ser curta e relativamente simples, costuma ser a primeira publicação de especialistas nessa área.

Afinal, o objetivo principal é apresentar aos cientistas uma situação inusitada, que vale a pena explorar no meio científico.

Qual a importância do relato de caso?

O relato de caso fornece uma base teórica que é de grande ajuda no desenvolvimento de pesquisas e avanços na área da saúde.

Em resumo, é importante fazer um relato de caso quando:

paciente tem uma doença rara;

Se a condição de saúde é comum, porém, tem um aspecto diferente;

Ocorreu um evento inesperado durante o tratamento; O paciente teve efeitos colaterais que não ocorrem com frequência.

Na universidade, no entanto, os estudantes de saúde escrevem a pedido de professores ou para participar de conferências de pesquisa.

Quer saber como escrever um relato de caso e até como publicá-lo? Venha comigo.

Como escrever um relato de caso?

Devido à sua importância, os relatos de casos devem ser de excelente qualidade tanto na preparação quanto na apresentação. Geralmente, um relato de caso tem entre 1.500 e 2.500 palavras.

Espera-se que um relato de caso tenha uma estrutura básica composta por: título, resumo, introdução, descrição do caso, técnica ou situação, discussão, conclusão , bibliografia e ilustrações Abaixo você pode entender como cada um funciona:

Relato de caso como fazer

Título: Deve ser sucinto e descritivo.

Resumo: 150 a 200 palavras, expondo brevemente todos os pontos  do trabalho. 

Introdução: Deve ser breve, precisa conter informações sobre o assunto, contexto e objetivo. É nesse tópico que você vai atrair a atenção de quem está lendo. 

Descrição do caso: Faça uma descrição bem detalhada do caso seguindo a ordem cronológica de acontecimentos. Sempre utilize dados concretos. Inclusive, lembre-se de pedir a permissão para os pacientes, e claro, mantenha sempre o anonimato

Técnica ou situação: Descreva cuidadosa e detalhadamente cada técnica que foi utilizada no caso. 

Discussão:  é importante enfatizar a importância e a singularidade do caso.

Conclusão:  Faça o resumo dos principais pontos do relato de caso. Reitere a importância e a singularidade do caso. Lembre-se que o manuscrito trata de um ou poucos casos, o que torna difícil generalizar as conclusões para outros contextos

Passo a passo de como fazer um relato de caso

Agora que você viu como um relato de caso é construído, é importante entender o que é necessário para preenchê-lo. Não é difícil, eu prometo. Aqui está um exemplo da estrutura de um relato de caso:

Planejamento: O planejamento consiste em três etapas:

Identificação do caso: Aqui você realizará a observação de pacientes e casos de exibição que se desviam do padrão normal de sintomas. Portanto, é o ponto de partida da pesquisa.

Confirmação do caso: Feita a identificação, esta confirmação deve ser realizada por especialistas, pois são eles que falam sobre a relevância do caso .

Aprovação do paciente: Para continuar sua pesquisa, é necessária a aprovação do paciente. Só então poderá divulgar o caso clínico.

O paciente ou seu representante legal deve assinar um termo de consentimento livre e esclarecido, que deve incluir: objetivo, via de divulgação (evento ou jornal profissional) e cuidados Manter a confidencialidade do paciente durante todo o processo o processo .

Execução: Depois do planejamento, é hora de colocar a mão na massa. Veja o que você deve fazer:

Recolha de dados: Aqui são feitas cópias de todos os dados necessários à apresentação do caso, nomeadamente: cópia do processo, exames complementares, fotografias (se necessário). Tudo isso é realizado nesta etapa.

Escrever um relatório de caso: Quando o conteúdo do relatório estiver organizado, você poderá escrever toda a sua pesquisa. É uma etapa longa e essencial no decorrer do trabalho. Na verdade, revisar cada artigo escrito é muito importante para a qualidade do seu relato de caso.

Revisar a literatura médica: Esta etapa final serve para finalizar as comparações que serão utilizadas na discussão do relato de caso.

Prepare a apresentação oral: Esta divulgação complementa a divulgação escrita. A preparação da sua apresentação deve basear-se sistematicamente na estrutura do caso. Portanto, sua apresentação é fundamental para a compreensão do seu trabalho.

Enviar ao comitê de ética em pesquisa: Aqui o comitê de ética verifica se você manteve em sigilo a identidade do paciente em seu relato de caso.

Por esse motivo, lembre-se que é obrigatório submeter o trabalho ao comitê de ética para dar continuidade à sua pesquisa.

Divulgação: Depois de concluídas todas as etapas anteriores, você pode preparar seu trabalho para publicação é, entenda como:

Redirecionamento para publicação: Dependendo do periódico em que publicar seu relato de caso, o manuscrito deve seguir as instruções dos autores do periódico selecionado. Veja alguns exemplos clicando aqui.

Apresentação Oral: Finalmente, praticar sua apresentação oral é muito importante. Você pode prepará-lo com sua oratória e com a ajuda de aplicativos (Prezi, PowerPoint, Keynote, etc.).

Desta forma, a apresentação ao público é facilitada. Seu tempo é de 15 a 30 minutos, então separe as informações mais relevantes e tente engajar bem o seu público.

Search

Junte-se aos mais
de 650k+ alunos satisfeitos.

Assine nosso NewsLetter para receber conteúdo em primeira mão sobre as Normas ABNT – direto na sua caixa de entrada.

Veja mais:

Conhecimento científico em 2024

Vivemos em uma era onde o conhecimento é a chave para o progresso. No entanto, …

Como apresentar TCC para banca

Como apresentar um TCC para uma banca examinadora pode ser uma tarefa assustadora, é importante …

Como fazer a tese de um trabalho?

Esqueça aqueles trabalhos que parecem uma colcha de retalhos (ou frankenstein) de bibliografias onde uma …

9 dicas de como apresentar o TCC

Defender o TCC ou apresentar trabalhos acadêmicos representa o encerramento de um ciclo. É hora …

Lato sensu e Stricto sensu veja quais são as diferenças

As exigências do mercado de trabalho exigem cada vez mais uma melhor formação dos candidatos …

Porquê fazer um sumário (normas da ABNT)

Se você está escrevendo um trabalho acadêmico ou de desenlace de curso, não pode deixar …