Junte-se a mais de 650k+ alunos satisfeitos. Seu TCC pronto com a melhor preparação.

|

Regras ABNT - Blog

Normas ABNT, Trabalhos acadêmicos, Artigos científicos, Cursos e muito mais...

Quão aberta é a OpenAI? (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

Professores se preparam para o impacto no ensino com o uso do ChatGPT

Atualizado em 

 |

Escrito por:

Quando eu tinha 11 anos, a internet ainda era novidade para muita gente. Na escola, era universal ouvir dos professores: “Não é para fazer Ctrl+C e Ctrl+V”.

Passados 20 anos, uma novidade tecnologia coloca novamente em xaque a prelecção de moradia. O ChatGPT é capaz de grafar ótimos textos, e nem sempre dá para deslindar se o responsável do trabalho é o estudante ou a lucidez sintético.

E agora, porquê será o porvir das salas de prelecção?

Liberado pela OpenAI em novembro, a utensílio funciona porquê um bate-papo. Você escreve o que quer e o robô responde.

O que labareda a atenção é sua capacidade para fazer respostas elaboradas, articulando a linguagem, sem imitar outros textos.

Nas escolas de Novidade York (EUA), o ChatGPT foi simplesmente bloqueado. O Departamento de Instrução da cidade considerou que a utensílio pode prejudicar a formação do pensamento crítico e a capacidade de solução de problemas.

Sam Altman, CEO da OpenAI, parece estar cônscio do que pode sobrevir com a ensino daqui em diante.

Ele comparou a utensílio a inovações que mudaram o ensino, porquê as calculadoras e mesmo o Google. Ninguém mais precisa fazer contas em papel, e memorizar informações perdeu valor, já que elas estão a alguns cliques de pausa.

Mesmo assim, o executivo considera que a ruptura do ChatGPT será mais extrema, para o muito e para o mal.

Altman diz que professores que conversaram com ele apontam a IA porquê um ótimo tutor pessoal para cada moço.

O que muda nos trabalhos em seguida o ChatGPT

Janaine Aires, professora do Departamento de Notícia Social da UFRN, diz que o ChatGPT pode afetar a lisura dos processos de avaliação.

Em entrevista ao Regras ABNT, ela conta que pretende mudar as atividades nas suas disciplinas.

Aires comenta que, ao contrário do que muita gente pensa, é relativamente fácil identificar um plágio em trabalhos acadêmicos.

“Geralmente, eles desobedecem à métrica que o texto exige, ou você acaba correlacionando com a própria capacidade do aluno, com quem você tem contato direto e quotidiano.”

Com o ChatGPT, ela acredita que vai permanecer muito mais difícil saber quem escreveu e quem copiou.

“Isso nos exige buscar novos métodos de avaliação e evadir de textos que são produzidos com auxílio de computadores”, conta a professora. “É um retorno a um contexto mais tradicional de produção.”

ChatGPT
Uso de ChatGPT na sala de lição

A professora Ana Lúcia de Souza Lopes, do curso de Pedagogia da Universidade Presbiteriana Mackenzie, fala ao Regras ABNT que o ChatGPT não vai conseguir fazer todas as tarefas de moradia de um estudante.

“[O professor deve] pensar essa teoria da produção de texto não só porquê uma leitura ou uma revisão, mas com o pensamento crítico e argumentativo”, explica Lopes, que é perito em ensino e tecnologia.

Para ela, isso é suficiente para diferenciar um texto escrito pelo estudante de um feito pela lucidez sintético. “O aluno tem a experiência e a leitura na sala de prelecção. O robô não experimentou essas vivências que o aluno teve.”

Usando (ou não) a novidade tecnologia

Aires ainda não vai usar o ChatGPT em suas aulas ou com seus alunos. “Eu leciono disciplinas voltadas à formação cidadã, no prelúdios do curso, em universal.

São alunos que ainda têm muita dificuldade no processo de escrita, e isso acaba influenciando a capacidade de argumentação e raciocínio.”

Por isso, ela acha mais importante desenvolver estas habilidades antes de usar ferramentas. “A gente precisa fabricar as estratégias para continuar atendendo as nossas missões e nossos objetivos. Nem sempre existe uma relação direta.”

Por outro lado, alguns professores já vão encetar a testar o ChatGPT nas aulas e nos trabalhos.

Lopes, do Mackenzie, leciona uma material chamada Ciência, Tecnologia e Sociedade. Uma das tarefas é pensar em uma forma de usar a tecnologia para solucionar um problema da sociedade.

O duelo é feito em sala de prelecção, mas terá uma novidade nesse semestre: o ChatGPT será um dos integrantes dos grupos de alunos.

Microsoft Bing com ChatGPT
Microsoft Bing com ChatGPT (Imagem: Reprodução/Owen Yin)

“Eu quero que os estudantes saibam fazer as melhores perguntas e dialoguem com aquilo que a lucidez sintético traz. Não significa que eles vão pegar o que a IA traz e infligir.

Eles vão ter que discutir, inclusive com o ChatGPT, se as soluções são viáveis ou não”, explica a professora. “Você pode usar essa tecnologia para ampliar a visão do seu estudante.”

Quem também vai usar o ChatGPT é Ronaldo Lemos, diretor do ITS Rio. Em sua coluna na Folha de S.Paulo, ele diz que, em suas aulas no Schwarzman College, a utensílio é obrigatória. A nota, porém, é dada pela pergunta feita pelo aluno, não pela resposta entregue pelo robô.

Para Ademar Celedônio, diretor de ensino e inovações educacionais no SAS Plataforma de Instrução, o ChatGPT pode ajudar de outras formas.

“Ele pode ajudar muito no planejamento. O professor pode conversar com a utensílio para deslindar a melhor estratégia, ou ter duas ou três estratégias de porquê abordar um texto”, comenta, em entrevista ao Tecnoblog.

TCC Pronto
TCC em unicamente 3 DIAS

A lucidez sintético chegou para permanecer

Lopes tem um pensamento parecido com o de Sam Altman, CEO da OpenAI. Ela considera que os benefícios de tecnologias anteriores superaram e muito os usos incorretos.

“O impacto da internet foi muito maior que o plágio”, argumenta a professora. “O plágio é uma coisa desse humano que não é educado para usar o recurso de uma forma moral.”

Celedônio também avalia que os alunos vão precisar estar preparados para mourejar com o potencial da lucidez sintético.

“Ainda hoje, as pessoas fazem buscas no Google e não passam nem da segunda página”, diz ele, para exemplificar a falta de aprofundamento. “O que está na primeira página vira a verdade.”

Lopes acredita que será preciso se preparar para usar o ChatGPT e outras inteligências artificiais do tipo. “Quem usa essa utensílio precisa saber fazer as melhores perguntas.

Se você não tiver pensamento crítico e raciocínio lógico frágil, não vai saber fazer as melhores perguntas.” ChatGPTControl-COpenAISam AltmanGoogleNova YorkEUAInteligência Sintético

O que é ChatGPT e como funciona na sala de aula?

O ChatGPT é um modelo de linguagem de inteligência artificial (IA) desenvolvido pela OpenAI que pode ser usado para gerar texto, traduzir idiomas, escrever diferentes tipos de conteúdo criativo e responder às suas perguntas de forma informativa. Na sala de aula, o ChatGPT pode ser usado para:u003cbr/u003eu003cstrongu003eCriar materiais personalizados de aprendizado:u003c/strongu003e O ChatGPT pode gerar exercícios, questionários, resumos e outros materiais personalizados para atender às necessidades de cada aluno.u003cbr/u003eu003cstrongu003eFornecer feedback personalizado:u003c/strongu003e O ChatGPT pode analisar os trabalhos dos alunos e fornecer feedback personalizado sobre sua gramática, ortografia, clareza e conteúdo.u003cbr/u003eu003cstrongu003eAjudar alunos com dificuldades de aprendizado:u003c/strongu003e O ChatGPT pode ser usado para fornecer tutoria individualizada para alunos que estão com dificuldades em algum conceito.u003cbr/u003eu003cstrongu003eCriar ambientes de aprendizado mais envolventes:u003c/strongu003e O ChatGPT pode ser usado para criar jogos educativos, simulações e outras atividades interativas que tornam o aprendizado mais divertido e envolvente.u003cbr/u003eu003cstrongu003ePromover a colaboração entre os alunos:u003c/strongu003e O ChatGPT pode ser usado para facilitar a comunicação e a colaboração entre os alunos em projetos e atividades em grupo.

Quais são os benefícios de usar ChatGPT na sala de aula?

Os benefícios de usar ChatGPT na sala de aula incluem:u003cbr/u003eu003cstrongu003ePersonalização do aprendizado:u003c/strongu003e O ChatGPT pode ajudar a personalizar o aprendizado para cada aluno, garantindo que ele receba o suporte e os desafios de que precisa para ter sucesso.u003cbr/u003eu003cstrongu003eMelhoria do feedback:u003c/strongu003e O feedback personalizado do ChatGPT pode ajudar os alunos a identificar suas áreas de força e fraqueza e a melhorar seu desempenho acadêmico.u003cbr/u003eu003cstrongu003eAumento do engajamento:u003c/strongu003e O ChatGPT pode tornar o aprendizado mais divertido e envolvente, o que pode levar a um maior engajamento dos alunos e a melhores resultados.u003cbr/u003eu003cstrongu003ePromoção da colaboração:u003c/strongu003e O ChatGPT pode facilitar a colaboração entre os alunos, o que pode ajudá-los a desenvolver habilidades de comunicação e trabalho em equipe.u003cbr/u003eu003cstrongu003eLiberação do tempo do professor:u003c/strongu003e O ChatGPT pode automatizar algumas tarefas, como a criação de materiais de aprendizado e a avaliação de trabalhos, liberando o tempo do professor para que ele possa se concentrar em interagir com os alunos e fornecer orientação individualizada.

Quais são os desafios de usar ChatGPT na sala de aula?

Alguns dos desafios de usar ChatGPT na sala de aula incluem:u003cbr/u003eu003cstrongu003ePreocupações com plágio:u003c/strongu003e O ChatGPT pode ser usado para gerar conteúdo plagiado, o que é uma séria violação acadêmica. É importante ensinar aos alunos os princípios da ética acadêmica e como evitar o plágio ao usar ferramentas de IA.u003cbr/u003eu003cstrongu003eFalta de compreensão:u003c/strongu003e O ChatGPT é um modelo de aprendizado de máquina e não tem o mesmo nível de compreensão do mundo que um humano. É importante usar o ChatGPT com cuidado e estar ciente de suas limitações.u003cbr/u003eu003cstrongu003ePossibilidade de vício:u003c/strongu003e O uso excessivo de ferramentas de IA como o ChatGPT pode levar ao vício e à falta de interação social. É importante usar o ChatGPT com moderação e garantir que os alunos também se envolvam em outras atividades que não envolvam tecnologia.u003cbr/u003eu003cstrongu003eCusto:u003c/strongu003e O acesso ao ChatGPT pode ser caro para algumas escolas e distritos. É importante considerar o custo do ChatGPT ao decidir se deve ou não usá-lo na sala de aula.

Como posso começar a usar ChatGPT na sala de aula?

Se você estiver interessado em usar ChatGPT na sala de aula, siga estas etapas:u003cbr/u003eu003cstrongu003eAprenda mais sobre o ChatGPT:u003c/strongu003e Leia sobre o ChatGPT e como ele pode ser usado na sala de aula. Existem muitos recursos disponíveis online e em livros.u003cbr/u003eu003cstrongu003eExperimente o ChatGPT:u003c/strongu003e Você pode experimentar o ChatGPT gratuitamente em u003ca href=u0022https://chat.openai.com/chatu0022 target=u0022_blanku0022 rel=u0022noreferrer noopeneru0022u003ehttps://chat.openai.com/chatu003c/au003e.u003cbr/u003eu003cstrongu003eDesenvolva um plano:u003c/strongu003e Decida como você deseja usar o ChatGPT em sua sala de aula. Você pode usá-lo para criar materiais personalizados, fornecer feedback, ajudar alunos com dificuldades ou criar ambientes de aprendizado mais envolventes.u003cbr/u003eu003cstrongu003eTreine seus alunos:u003c/strongu003e Ensine seus alunos sobre o ChatGPT e como usá-lo de forma responsável. Discuta os benefícios e os riscos do uso de ferramentas de IA e certifique-se de que eles entendam os princípios da ética acadêmica.u003cbr/u003eu003cstrongu003eMonitore e avalie:u003c/strongu003e Monitore o uso do ChatGPT em sua sala de aula e avalie seu impacto no aprendizado dos alunos. Faça ajustes em seu plano conforme necessário.

Quais são alguns recursos para aprender mais sobre ChatGPT na sala de aula?

Existem muitos recursos disponíveis para aprender mais sobre o ChatGPT na sala de aula, tais como:u003cbr/u003eu003cstrongu003eArtigos e blogs educacionais:u003c/strongu003e Muitos sites e blogs educacionais publicam artigos sobre o uso de IA na sala de aula, incluindo o ChatGPT. Uma busca online por u0022ChatGPT na educaçãou0022 ou u0022IA na sala de aulau0022 revelará diversos artigos informativos.u003cbr/u003eu003cstrongu003eWebinars e eventos online:u003c/strongu003e Organizações educacionais e empresas de tecnologia frequentemente realizam webinars e eventos online sobre o uso de IA na sala de aula. Participar desses eventos é uma ótima maneira de aprender com especialistas e obter ideias para usar o ChatGPT em sua própria sala de aula.u003cbr/u003eu003cstrongu003eComunidades online de professores:u003c/strongu003e Existem várias comunidades online onde professores podem discutir o uso de ferramentas de IA na sala de aula. Participar dessas comunidades é uma ótima maneira de aprender com outros educadores e compartilhar experiências.u003cbr/u003eu003cstrongu003eCanais do YouTube:u003c/strongu003e Alguns canais do YouTube dedicados à educação abordam o uso de IA na sala de aula, incluindo o ChatGPT. Assistir a esses vídeos pode ser uma ótima maneira de aprender dicas e truques para usar o ChatGPT de forma eficaz.

Search

Junte-se aos mais
de 650k+ alunos satisfeitos.

Assine nosso NewsLetter para receber conteúdo em primeira mão sobre as Normas ABNT – direto na sua caixa de entrada.

Veja mais:

Lista de ilustrações – Uma vez que fazer a lista segundo ABNT

Ao elaborar um trabalho acadêmico, uma vez que um Trabalho de Peroração de Curso (TCC), …

Como seguir as normas ABNT na redação de um TCC

A Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) é o principal órgão responsável por estabelecer as …

Vocabulário – o que é vocabulário?

Um vocabulário é uma lista organizada de termos técnicos, palavras especializadas ou jargões usados em …

Toga ABNT – Uma vez que fazer a cobertura de trabalho abnt

Fazer a cobertura de um trabalho acadêmico pode ser uma tarefa simples, mas é preciso …

Índice ABNT: Uma vez que fazer nas Normas ABNT (NBR 6034)

Se você está escrevendo um trabalho acadêmico e está com dúvidas sobre qual elemento colocar, …

Tipos de redações utilizadas

Redação é uma habilidade crucial para expressar ideias de maneira clara e persuadir o leitor. …