Mestrado – como fazer um mestrado

O mestrado é a modalidade de pós-graduação que requer um projeto de pesquisa e, principalmente, este é o primeiro momento em que o acadêmico enfrenta o desafio de escrever seu projeto de pesquisa.

A escrita acadêmica se tornará cada vez mais complexa à medida que sua carreira progride. Portanto, escrever uma tese é muito mais fácil do que escrever uma tese de mestrado ou mesmo uma tese de doutorado.

COMO FAZER UM MESTRADO?

Sabemos que o mestrado é um momento muito importante na vida de quem aspira a uma carreira académica. No entanto, é também um momento em que surgem algumas dúvidas sobre como obter um mestrado. Escrevemos este artigo para tirar todas as suas dúvidas, aproveite!

E isso não é tudo, para ter certeza de que você pode encontrar todas as informações que você precisa sobre a pós-graduação aqui; Bem, fale sobre esses tópicos depois:

Dica: Você pode clicar no que deseja ler para ir direto ao conteúdo que deseja.

POSSO TER MESTRADO EM OUTRO CAMPO DO MEU GRAU?

Esta questão levantou muitas dúvidas entre os cientistas. O que acontece é que, embora você possa fazer pós-graduação em uma área completamente diferente da sua graduação, em algumas situações isso pode não ser tão útil para sua carreira. Mas não entre em pânico, vamos esclarecer isso.

SE SEU OBJETIVO DE MESTRADO É SE TORNAR PROFESSOR

Suponha que você tenha um diploma de bacharel em x e um mestrado em y, você pode ensinar y?

No caso das universidades privadas, sim, porque a legislação do MEC não é muito rígida nesse sentido. Dessa forma, qualquer pessoa com diploma universitário pode ensinar qualquer disciplina em qualquer curso.

No caso de anúncios públicos para professores universitários, ou seja, para lecionar em universidades estaduais e federais, os anúncios são muito específicos. E não é incomum que anúncios de empregos muito específicos exijam graduação em x com mestrado em x e doutorado em x, por exemplo, se ainda não contiverem algo como uma tese final sobre um tema muito específico da área x.

Assim, aqueles que possuem um diploma em x e uma posição em y podem recusar sua matrícula em ambas as áreas e podem não ser capazes de lecionar nessas instituições.

No caso da educação básica (ensino fundamental e ensino médio), é necessário que a profissão seja ensinada. De acordo com o MEC, os programas de bacharelado não qualificam para o ensino. É o caso de profissionais formados, por exemplo, nas áreas de engenharia, direito, administração, biomedicina; os bacharéis devem buscar o curso de licenciatura em universidades que oferecem o curso separadamente.

SE VOCÊ ESTÁ PROCURANDO UMA VISÃO AMPLA DE DUAS ÁREAS

Se você busca uma visão transversal do conhecimento, você pode fazer seu mestrado em uma área diferente do seu bacharelado. Por exemplo, você pode ter uma licenciatura em letras e optar por um mestrado em psicologia com o objetivo de ter uma visão psicológica do texto ou do leitor.

Ou se você é bacharel em Biologia e mestre em Matemática na área de Estatística, pode atuar em áreas técnicas e econômicas e em empresas com foco em economia ambiental.

Além de escolher uma área de seu interesse e onde o conteúdo é aplicável, você deve encontrar um professor que esteja disposto a orientá-lo. Isso porque você precisa se educar um pouco mais sobre esse novo campo para usá-lo em sua pesquisa de mestrado.

PRÉ-REQUISITOS DE MESTRADO – QUEM PODE FAZER UM MESTRADO?

Como este é um mestrado, o pré-requisito para a admissão ao mestrado é um diploma de bacharel concluído. O requisito mais conhecido é a necessidade de um diploma de bacharel. O que nem todos sabem, porém, é que profissionais que tenham estudado tecnologia ou licenciatura também podem fazer mestrado.

OS DE LICENCIATURA PODE FAZER MESTRADO?

O grau de bacharel permite ensinar no ensino fundamental, ou seja, do jardim de infância ao ensino médio. É um curso de graduação, de modo que o estagiário pode concluir o mestrado após concluir seus estudos. De particular interesse para os graduados é a modalidade de Mestrado Profissional, que discutiremos com mais detalhes posteriormente.

OS TECNÓLOGOS PODEM FAZER MESTRADO?

Os cursos considerados de graduação pelo MEC são: bacharelado, licenciatura e tecnólogo. Portanto, os cursos de engenharia não se enquadram nessa categoria, mas os tecnólogos sim, pois levam o aluno a buscar o bacharelado. Segundo o MEC:

Muitos alunos optam inicialmente por essa forma de formação devido ao rápido ingresso na vida profissional. Os cursos superiores de tecnologia, voltados para a formação profissional e, consequentemente, para o mercado de trabalho, respondem por 16 dos cursos de graduação oferecidos no país. Assim como os bacharéis e doutores, os tecnólogos recebem o título de bacharel e têm o mesmo direito de cursar especialização, mestrado ou doutorado e participar de concursos públicos. Você também pode se inscrever em um programa de mestrado profissional.

QUAL A DIFERENÇA ENTRE CURSO TÉCNICO E TECNÓLOGO?

Os cursos técnicos são programas de ensino médio que visam capacitar o aluno nas diversas atividades do setor produtivo, fornecendo conhecimentos teóricos e práticos. Enquanto os cursos de tecnólogo são classificados como de nível superior.

COMO ESCOLHER UMA UNIVERSIDADE PARA O SEU MESTRADO

A maioria das faculdades hoje em dia oferece um mestrado. Como resultado, os alunos de graduação continuam seus estudos de pós-graduação em sua instituição de ensino.

Mas nem sempre o campo que o aluno deseja ou a abordagem repentina que ele deseja seguir em sua pesquisa nem sempre está disponível em sua universidade de origem. Por exemplo, praticamente todas as universidades suíças têm um curso de biologia; No entanto, poucos oferecem um mestrado em genética humana. Isso porque essa licenciatura exige uma estrutura que nem todo mundo tem, e por isso o aluno que quiser cursar essa área deve ir até a faculdade que tem mestrado.

Cursos de mestrado em universidades federais como a UFPE ou universidades estaduais como a USP sempre oferecem seus cursos gratuitamente. Dessa forma, eles são custeados diretamente pelo governo federal e o aluno não paga nenhuma mensalidade.

Existem também programas de mestrado em universidades privadas, mas neste caso as propinas têm de ser pagas pelo doutorando. No entanto, estudantes de mestrado de uma instituição privada ou pública podem se candidatar a uma bolsa de financiamento de pesquisa acadêmica.

QUAL O VALOR DE UMA BOLSA DE PÓS-GRADUAÇÃO?

Seja em universidades públicas ou privadas, o aluno pode se candidatar à bolsa de pesquisa. Instituições de apoio à pesquisa como Capes e Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo) permitem que o aluno seja remunerado para realizar suas pesquisas.

COMO SE INSCREVER NA BOLSA CAPES DE MESTRADO?

Para ilustrar como funciona a solicitação de bolsa de pesquisa, tomemos o exemplo da agência de fomento CAPES. No entanto, cada instituição tem seus próprios requisitos.

Para poder candidatar-se a esta bolsa, o aluno deve estar regularmente matriculado num curso de formação contínua (mestrado académico), ou seja, no próprio sentido. Também é necessário que o projeto de pesquisa resulte em uma tese.

A Capes não possui processo seletivo próprio. Dessa forma, bolsas de mestrado e doutorado são concedidas diretamente às instituições que possuem cursos de pós-graduação em sentido estrito e que tenham nota mínima de 3 na avaliação própria da Capes.

Por serem bolsas institucionais, ocupam o primeiro lugar. Distribuídas para universidades, que as repassam aos alunos por meio de processo seletivo. Apesar disso, a Capes é responsável pelo pagamento da bolsa, que é feita por meio de depósito direto na conta de cada aluno. Os alunos que desejam receber a Bolsa Capes devem procurar a coordenação do curso de pós-graduação em que desejam ingressar e conhecer os processos e requisitos necessários para a obtenção da bolsa.

Os cursos são os únicos responsáveis ​​por selecionar e conceder Bolsas Capes aos candidatos que atendam aos requisitos estabelecidos em cada programa disponível. São eles: o programa Órgãos Públicos Estaduais e Federais; Programa Demanda Social (DS) e Programa Instituições Privadas; Programa de apoio à pós-graduação para universidades privadas (Prosup).

TCC DE SUCESSO

Temos um treinamento voltado para todos aqueles que pretendem fazer um TCC de sucesso, seja para sua formação na graduação, ou até mesmo aqueles que pretendem entrar no mestrado e até mesmo no doutorado, nosso treinamento prepara o aluno a fazer toda estrutura de um TCC seguindo a risca as Normas ABNT.

Listra ABNT

COMPARTILHE:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp