Junte-se a mais de 650k+ alunos satisfeitos. Seu TCC pronto com a melhor preparação.

|

Regras ABNT - Blog

Normas ABNT, Trabalhos acadêmicos, Artigos científicos, Cursos e muito mais...

Iniciação científica

Iniciação científica – artigo científico

Atualizado em 

 |

Escrito por:

A vida universitária consiste em muito mais do que cumprir as disciplinas em sala de aula. Para uma formação integral, o Profissional Superior também deve ter experiência em pesquisa e consultoria e isso pode começar com a iniciação científica.

Durante a graduação, o aluno pode participar do programa de Iniciação Científica (IC) para ter uma exposição inicial à pesquisa acadêmica.

É natural para alguém que acabou de entrar na universidade ou não tem muitos relacionamentos pessoais construídos no campus que não entendo muito bem como funciona a Iniciação Científica.

Mas se quiser saber mais sobre o assunto é só ficar com a gente que vai tirar muitas dúvidas. Vamos esclarecer 5 pontos sobre o tema que com certeza vão te ajudar na sua integração!

O que é iniciação científica?

A Iniciação Científica é o programa que desenvolve pesquisa acadêmica com alunos de universidades e escolas de ensino médio brasileiras em todas as áreas do conhecimento.

O aluno tem oportunidade de participar em trabalhos de investigação que interajam com o mundo científico, sob a orientação de um experiente docente e investigador associado à instituição.

O IC visa promover a investigação, despertar vocações, o introdução do aluno ao contato com a linguagem científica da área em que irá atuar e o conhecimento de como o conhecimento científico é produzido por meio de métodos e métodos aplicados durante as provas.

In Após a iniciação científica, o aluno começa a traçar seu perfil profissional, aborda seus interesses de trabalho e faz contatos iniciais para uma carreira acadêmica.

Como iniciar um artigo científico?

Primeiramente, o aluno deve definir em qual área deseja desenvolver mais seu trabalho. Para fazer isso, é necessário estar familiarizado com as várias direções de pesquisa oferecidas.

Se você já conhece de classe ou é uma área de interesse desde que ingressou na universidade, você deve procurar um professor-pesquisador que deve ser relacionado à instituição e propor sua candidatura à vaga para a iniciação científica.

Recomenda-se que, antes de entrar em contato com o possível orientador, você descubra se ele já está desenvolvendo um projeto de pesquisa e se for do interesse do aluno, sugira o desenvolvimento de uma pesquisa dentro do grande projeto do professor.

Se for não for o interesse, o aluno pode discutir as suas ideias com o investigador e idealizar em conjunto um projeto de investigação individual, desde que seja da competência do orientador. A pesquisa enviada deve ser consistente com a carreira acadêmica do orientador.

A inscrição é necessária para concluir a pesquisa de iniciação científica. O aluno deve conhecer o cronograma da universidade, reunir a documentação necessária e ter o projeto em mãos com a aprovação do orientador.

Por que fazer iniciação científica?

Existem várias razões para desenvolver um trabalho de iniciação científica. São eles:

Pesquisas mostram que estudantes que participam de iniciação acadêmica têm 2,2 vezes mais chances de cursar e concluir um mestrado e 1,5 vezes mais chances de concluir um doutorado do que aqueles que não tiveram essa experiência;

Muitos cursos aceitam o cumprimento do projeto de IC e seus resultados como Trabalho de Conclusão de Curso (TCC). Consulte a sua universidade sobre este assunto;

As horas dedicadas ao projeto de iniciação acadêmica também podem contar como tempo de estágio obrigatório exigido em alguns cursos. Consulte sua instituição sobre essa oportunidade;

Além de realizar pesquisas durante a graduação que irão enriquecer ainda mais sua experiência, o aluno também tem a oportunidade de publicar um artigo acadêmico com alta pontuação em seu currículo Lattes.

A iniciação científica pode também se destinam a projetos cujas atividades sejam voltadas para a qualificação para o mercado de trabalho e para a área de docência, bem como para o apoio a alunos que almejam a carreira de pesquisa. no currículo comum dos alunos, além do currículo Lattes para a pós-graduação.

Bolsa de iniciação científica

A Bolsa IC é um apoio financeiro concedido pelas agências de fomento à pesquisa a alunos de graduação para auxiliá-los na permanência na universidade durante a realização de seu projeto de iniciação acadêmica.

Programa Institucional de Bolsas de Iniciação (PIBIC) e Programa Institucional de Bolsas de Iniciação As Bolsas de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (PIBITI), tanto do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) quanto do Programa Especial de Capacitação (PET) da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), as Bolsas CI oferecem, são as principais instituições de fomento à pesquisa científica no Brasil.

Existem também fundações estaduais de amparo à ciência que exigem bolsas de alunos que desenvolvem suas pesquisas nos estados onde as fundações estão localizadas. Por exemplo, temos a Fundação de Amparo à Ciência do Estado de Pernambuco (FACEPE), que subsidia projetos com diferentes tipos de bolsas dentro do estado.

A modalidade do Programa de Iniciação Científica Júnior do CNPq (IC-Jr ) Destina-se a alunos do ensino médio. Para se inscrever, o aluno e o professor consultor devem atender a critérios estabelecidos, como, por exemplo.

O professor deve ter vínculo com uma universidade que já possua um programa de IC, e a instituição de ensino onde a pesquisa está sendo desenvolvida forneça condições adequadas para o trabalho.

O valor atual da Bolsa de Iniciação Científica do CNPq, CAPES e Fundações é de R$ 400 com prazo inicial de 12 meses, renovável. As bolsas de nível médio atualmente são de R$ 100, também por 12 meses com possibilidade de prorrogação.

Como conseguir bolsa de iniciação científica?

Para receber a bolsa, o aluno deve, com a ajuda de seu orientador, elaborar um projeto de pesquisa de acordo com os modelos da respectiva instituição financiadora.

O projeto deve atender aos requisitos dos órgãos financiadores e do ensino própria unidade. Defina bem o seu tema de pesquisa antes de submetê-lo ao reconhecimento e descreva de forma objetiva o trabalho que irá desenvolver.

Em caso de dúvidas, leia nosso artigo Como Elaborar um Projeto de Pesquisa.

Nas universidades públicas ou privadas que possuem programas próprios de bolsas de iniciação, as agências financiadoras oferecem uma cota de bolsas que são distribuídas entre os cursos.

A chamada pública para licitações geralmente ocorre uma vez por ano. O aluno deve observar os prazos para não perder as oportunidades de matrícula.

Além dos pedidos de bolsa, as fundações também oferecem bolsas permanentes que podem ser solicitadas em qualquer época do ano. Você também deve discutir esta opção com seu supervisor.

Os bolsistas são selecionados por comissões criadas pelas universidades. Os candidatos devem atender aos padrões estabelecidos pelas agências financiadoras, que são consideradas o padrão para estudantes em todo o país.

A maioria das bolsas do IC exige compromisso exclusivo, ou seja, o aluno de graduação não pode ter ou ser pago por mais de uma atividade bolsista durante o período duração da bolsa. Se for o caso, consulte o edital ou os sites dos promotores de sua instituição para se certificar desse ponto.

O bolseiro deverá apresentar pelo menos um relatório parcial todos os anos após a receção da bolsa e um relatório final após o termo da bolsa. As regras também devem constar no edital de solicitação de bolsa.

Bom, agora você já sabe mais sobre iniciação científica e pode se preparar para ingressar no mundo científico-acadêmico e ainda estar comprometido com as normas da ABNT deixe para colocar seus relatórios , apresentações e artigos de acordo com as normas da ABNT.

Search

Junte-se aos mais
de 650k+ alunos satisfeitos.

Assine nosso NewsLetter para receber conteúdo em primeira mão sobre as Normas ABNT – direto na sua caixa de entrada.

Veja mais:

Iniciação científica – artigo científico

A vida universitária consiste em muito mais do que cumprir as disciplinas em sala de …

Oratória para TCC – 11 erros mais cometidos na apresentação do TCC

Um dos maiores pesadelos dos alunos é errar na hora de apresentar a tese. A …

Mapa mental

O que é um mapa mental? Um mapa mental é um diagrama usado para organizar …

TCC para surdos

O TCC (Trabalho de Conclusão de Curso) é um desafio para todos os estudantes, mas …

O que é uma falácia?

O que é uma Falácia e como evitá-las na Argumentação: Entenda os erros lógicos mais …

Erros comuns na formatação de trabalhos acadêmicos

Os trabalhos acadêmicos são um importante meio de avaliação e aprofundamento do conhecimento em diversas …