Junte-se a mais de 650k+ alunos satisfeitos. Seu TCC pronto com a melhor preparação.

|

Regras ABNT - Blog

Normas ABNT, Trabalhos acadêmicos, Artigos científicos, Cursos e muito mais...

Exercícios sobre o emprego do hífen (com respostas explicadas)

10 Exercícios sobre o emprego do hífen (com respostas explicadas)

Atualizado em 

 |

Escrito por:

Faça os exercícios de múltipla escolha e veja o que já sabe sobre o ofício do hífen. Confira as respostas e tire as suas dúvidas no gabarito comentado.

Treino 1 de hífen

Indique a única escolha certa quanto ao uso do hífen.

a) cachaça, girassol, pan-americano

b) mal-criado, mal-educado, mal-feito

c) contrarregra, autoestrada, co-ordenar

d) micro-ondas, pancontinental, ex namorado

Validar resposta

Gabarito explicado

A termo cachaça é formada por dois elementos (chuva + ardente). Ela não se escreve com hífen, porque, no seu processo de formação, os elementos se adaptaram foneticamente.

O mesmo acontece com a termo girassol, formada pelos elementos (gira + sol). Ela não se escreve com hífen, porque, no seu processo de formação, os elementos também se adaptaram foneticamente.

A termo pan-americano se escreve com hífen, porque a regra diz que o hífen é usado depois da termo pan, antes de vogais (uma vez que é o caso de “americano”) ou das letras m, n e h.

Correção das palavras restantes:

b) malcriado e malfeito (mal-educado está simples)
c) coordenar (contrarregra e autoestrada estão certos)
d) ex-namorado (micro-ondas e pancontinental estão certos)

Treino 2 de hífen

Selecione a escolha na qual o uso do hífen está correto em todas as palavras.

a) corre corre, conta gotas, bem-vindo

b) corre-corre, conta-gotas, muito vindo

c) corre corre, conta-gotas, bem-vindo

d) corre-corre, conta-gotas, bem-vindo

Validar resposta

Gabarito explicado

As palavras corre-corre e conta-gotas se escrevem com hífen, porque são palavras compostas cujos elementos mantém sua autonomia fonética e acentuação própria.

A termo bem-vindo se escreve com hífen, porque a regra diz que o hífen é usado depois da termo muito (uma vez que prefixo, não uma vez que advérbio), antes de palavras autônomas (uma vez que é o caso de “vindo”).

Treino 3 de hífen

Selecione a escolha que completa corretamente a frase subalterno:

Ler livros sobre um material que você gosta é uma forma de _______________ a _______________.

a) pro-mover, auto-aprendizagem

b) promover, autoaprendizagem

c) promover, auto aprendizagem

d) promover, auto-aprendizagem

Validar resposta

Gabarito explicado

Ler livros sobre um material que você gosta é uma forma de promover a autoaprendizagem.

A termo promover não se escreve com hífen, porque diz a regra que o hífen não é usado na formação de palavras com prefixos átonos, uma vez que é o caso de (pro + movimentar).

A termo autoaprendizagem não se escreve com hífen, porque diz a regra que o hífen não é usado quando o prefixo termina em vogal (uma vez que é o caso de “auto”) e o segundo elemento da termo começa com vogal dissemelhante (uma vez que é o caso de “aprendizagem”).

Treino 4 de hífen

Em qual das seguintes frases a termo foi usada corretamente de combinação com o contexto?

a) Farei o que me pediu em meio-dia.

d) Aquela receita leva um pão-duro.

Validar resposta

Gabarito explicado

As duas formas existem, sem vergonha e sem-vergonha, mas têm significados diferentes.

Sem vergonha significa com coragem, com crédito, enquanto sem-vergonha (com hífen) significa uma pessoa sem moral.

Correção das alternativas restantes:
a) Farei o que me pediu em meio dia. (metade do dia)
b) Sairei ao meio-dia. (às 12 horas)
d) Aquela receita leva um pão duro. (pão endurecido)

TCC Pronto
TCC em somente 3 DIAS

Treino 5 de hífen

Qual das alternativas subalterno contém a regra para o uso do hífen nas palavras cor-de-rosa, azul-turquesa e cabo-verdiano?

a) O hífen é usado em adjetivos compostos.

b) O hífen é usado quando o prefixo termina com a mesma vogal com que começa a termo seguinte.

c) O hífen é usado para nomear as cores.

d) O hífen é usado em palavras formadas com prefixos gregos e latinos.

Validar resposta

Gabarito explicado

As palavras cor-de-rosa, azul-turquesa e cabo-verdiano são adjetivos compostos. Cor-de-rosa e azul-turquesa são cores, enquanto cabo-verdiano é um adjetivo pátrio, que caracteriza as pessoas ou coisas com origem em Cabo Verdejante.

Treino 6 de hífen

Indique a única escolha incorreta quanto ao uso do hífen.

a) contra-ataque, vice-diretor, radioatividade

b) sem-vergonha, super-homem, sexta-feira

c) recém-nascido, pré-escola, mal-assombrado

d) socio-econômico, interracial, sub humano

Validar resposta

Gabarito explicado

Correção: socioeconômico, inter-racial, sub-humano.

A termo socieconômico não se escreve com hífen, porque diz a regra que o hífen não é usado na formação de palavras que podem ser unidas sem prejuízo de nitidez ou sem promover pronúncias incorretas, uma vez que neste caso.

A termo interracial se escreve com hífen, porque a regra diz que o hífen é usado nas palavras formadas com os prefixos hiper-, inter- e super- quando o segundo elemento principiar com a letra r, uma vez que neste caso (inter- + racial).

A termo sub-humano se escreve com hífen, porque a regra diz que o hífen é usado nas palavras formadas com prefixos gregos e latinos quando o segundo elemento principiar com a letra h, uma vez que neste caso (sub- + humano).

Treino 7 de hífen

Una os elementos subalterno e selecione a escolha cujas palavras foram escritas corretamente.

I. pós + guerra
II. bio + química
III. micro + empresa

a) pós-guerra, bio-química, micro-empresa

b) pós-guerra, bioquímica, microempresa

c) pós-guerra, bio-química, microempresa

d) pós-guerra, bioquímica, micro empresa

Validar resposta

Gabarito explicado

A termo pós-guerra se escreve com hífen, porque a regra diz que o hífen é usado nas palavras formadas por elementos e prefixos que têm acentuação própria, uma vez que neste caso.

A termo bioquímica não se escreve com hífen, porque diz a regra que o hífen não é usado na formação de palavras que podem ser unidas sem prejuízo de nitidez ou sem promover pronúncias incorretas, uma vez que neste caso.

A termo microempresa não se escreve com hífen, porque diz a regra que o hífen não é usado quando o prefixo termina em vogal (uma vez que é o caso de “micro”) e o segundo elemento da termo começa com vogal dissemelhante (uma vez que é o caso de “empresa”).

Treino 8 de hífen

Indique a única escolha certa quanto ao uso do hífen.

a) gastro intestinal, tetra vencedor, jiboiaçu

b) antiaéreo, mini-saia, micro-região

c) autoescola, pré-escola, extraterreno

d) hiper realismo, super varão, aeroporto

Validar resposta

Gabarito explicado

A termo autoescola não se escreve com hífen, porque diz a regra que o hífen não é usado quando o prefixo termina em vogal (uma vez que é o caso de “auto”) e o segundo elemento da termo começa com vogal dissemelhante (uma vez que é o caso de “escola”).

A termo pré-escola se escreve com hífen, porque a regra diz que o hífen é usado nas palavras formadas por elementos e prefixos que têm acentuação própria, uma vez que neste caso.

A termo extraterreno não se escreve com hífen, porque diz a regra que o hífen é usado nas palavras formadas com prefixos gregos e latinos quando o segundo elemento principiar com a letra h ou quando o prefixo termina em vogal e o segundo elemento da termo começa com vogal dissemelhante. Porquê não estamos diante desses casos, não há hífen em extraterreno.

Correção das palavras restantes:

a) gastrointestinal e tetracampeão (jiboiaçu está simples)
b) minissaia, microrregião (antiaéreo está simples)
d) hiper-realismo, super-homem (aeroporto está simples)

Treino 9 de hífen

Em qual das alternativas as palavras significam, respectivamente: metade do dia, às 12 horas e nome de uma flor?

a) meio dia, meio-dia, copo de leite

b) meio-dia, meio dia, copo de leite

c) meio-dia, meio dia, copo-de-leite

d) meio dia, meio-dia, copo-de-leite

Validar resposta

Gabarito explicado

Todas as formas subalterno existem, mas têm significados diferentes:

  • meio dia significa metade do dia;
  • meio-dia (com hífen) significa às 12 horas;
  • copo de leite significa copo com leite;
  • copo-de-leite (com hífen) é o nome de uma flor.

Treino 10 de hífen

Indique a regra do hífen correspondente às palavras digam-nos, contem-lhes, pulei-a.

a) O hífen é usado para vincular pronomes oblíquos átonos a verbos.

b) O hífen é usado em palavras compostas.

c) O hífen é usado em palavras formadas com prefixos gregos e latinos.

d) O hífen é usado em adjetivos compostos.

Validar resposta

Gabarito explicado

O hífen é usado para vincular pronomes oblíquos átonos a verbos. Neste caso, os pronomes são, respectivamente: -nos, -lhes, -a.

Para estudar mais: Uso do hífen (palavras com hífen e suas regras)

Para mais exercícios:

Atividades de Português de 7º ano (para imprimir).

Quando usar o hífen?

O hífen é utilizado em diversas situações na língua portuguesa, mas as principais são:
Em palavras compostas: quando duas ou mais palavras se unem para formar um novo termo, porquê em “alto-astral”, “couve-flor” e “terra-nova”.
Em seguida prefixos: alguns prefixos exigem o hífen quando unidos a outras palavras, porquê em “ex-aluno”, “super-homem” e “auto-escola”.
Em locuções adverbiais: quando a locução adverbial for formada por duas ou mais palavras separadas por preposição, porquê em “à mão-direita”, “de mala em punho” e “pé-com-pé”.
Em nomes próprios: para separar elementos de nomes próprios compostos, porquê em “Ana Maria”, “João Paulo” e “José Carlos”.
Em compostos com antropônimos: quando o antropônimo (nome próprio) se une a outro elemento, porquê em “Rua José de Alencar”, “Estádio Paulo Barreto” e “Prêmio Machado de Assis”.
Em compostos com topônimos: quando o topônimo (nome de lugar) se une a outro elemento, porquê em “Porto Satisfeito”, “Novidade Friburgo” e “Serra Negra”.
Em compostos com numerais: para vincular numerais cardinais, porquê em “vinte e cinco”, “três-cento” e “seis milénio”.
Em compostos com abreviaturas: quando a abreviatura se une a outra termo, porquê em “ex-aluno”, “vice-rei” e “alto-falante”.
Em compostos com siglas: quando a {sigla} se une a outra termo, porquê em “ONU-Mulher”, “PEC-Jovem” e “LGBTQIA+”.
Em compostos de elementos gregos e latinos: para unir elementos gregos e latinos que formam novas palavras, porquê em “bio-ecológico”, “socioeconômico” e “psicopedagógico”.

Quando não usar o hífen?

O hífen não é utilizado em algumas situações, porquê:
Em palavras já grafadas sem hífen: quando a termo já existe no léxico sem o hífen, porquê em “porta-voz”, “paraquedas” e “girassol”.
Em palavras com prefixos que não exigem hífen: alguns prefixos, porquê “des-“, “in-” e “pre-“, não exigem o hífen quando unidos a outras palavras, porquê em “desleal”, “infeliz” e “prever”.
Em locuções adverbiais escritas porquê advérbios: quando a locução adverbial já se uniu e forma um advérbio, porquê em “assim”, “demais” e “hoje”.
Em nomes próprios que não o exigem: alguns nomes próprios não exigem o hífen, porquê Maria da Silva, João Pedro e Ana Clara.

Quais são as principais exceções à regra do hífen?

Existem algumas exceções à regra universal do hífen, porquê:
Palavras com “chuva”: geralmente, não se usa hífen com “chuva”, porquê em “águafobia”, “desidratação” e “aguceiro”.
Palavras com “terreno”: em alguns casos, usa-se hífen com “terreno”, porquê em “terra-nova”, “terra-firme” e “terremoto”.
Palavras com “couve”: geralmente, usa-se hífen com “couve”, porquê em “couve-flor”, “couve-manteiga” e “couve-tropeira”.
Palavras com “ex”: em alguns casos, o prefixo “ex” não leva hífen, porquê em “ex-aluno”, “ex-presidente” e “ex-marido”.

Porquê evitar erros no uso do hífen?

Para evitar erros no uso do hífen, é importante consultar dicionários e seguir as regras básicas da gramática. Ou por outra, existem algumas dicas que podem ajudar:
Preste atenção à acentuação: o hífen não interfere na acentuação das palavras.
Consulte dicionários: os dicionários indicam se a termo leva ou não hífen.
Em caso de incerteza, não use o hífen: é preferível redigir a termo sem o hífen do que cometer um erro.

Onde posso encontrar mais informações sobre o uso do hífen?

Sites de gramática confiáveis: Existem diversos sites especializados em gramática portuguesa que oferecem explicações detalhadas sobre o uso do hífen.
Livros didáticos de português: Livros de referência sobre o linguagem português geralmente dedicam um capítulo ao uso do hífen.
Cursos online de português: Vários cursos online gratuitos ou pagos abordam o uso do hífen porquê segmento de sua programação.
Comunidades de língua portuguesa: Participe de fóruns e grupos online para tirar dúvidas e aprender com outros usuários.
Lembre-se, a prática leva à sublimidade! Quanto mais você ler e redigir, mais familiarizado ficará com o uso correto do hífen.

Search

Junte-se aos mais
de 650k+ alunos satisfeitos.

Assine nosso NewsLetter para receber conteúdo em primeira mão sobre as Normas ABNT – direto na sua caixa de entrada.

Veja mais:

Como escolher o tema para o TCC?

O curso é a etapa final da graduação. É uma forma de avaliar o conhecimento …

Ortografia para TCC

A ortografia é uma preocupação crucial quando se escreve um TCC (Trabalho de Conclusão de …

Infinitivo: o que é, exemplos de verbos e quais os seus tipos

Infinitivo é a forma nominal do verbo que indica a ação em si, por exemplo: …

Tese de doutorado

A palavra tese vem do grego thesis, que significa proposição. Principalmente no sentido de uma …

Pré-projeto de pesquisa – Saiba como fazer o seu!

Posso imaginar que você está começando a pensar em sua tese ou monografia. Ou em …

O que são Normas da ABNT e por que são importantes?

As Normas da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) são um conjunto de regras e …